úlcera gástrica

O que é úlcera gástrica?

Uma úlcera gástrica, um dos tipos de úlcera péptica, é uma ferida que se forma quando os ácidos estomacais desgastam o revestimento de alguma parte do estômago. Os sintomas incluem dor forte e desconforto, além de náusea e perda de peso.

Quando uma úlcera péptica afeta o estômago, é chamada de úlcera gástrica; no duodeno é chamada de úlcera duodenal; e no esôfago é uma úlcera esofágica.

Estima-se que até 10% dos adultos são afetados por úlceras gástricas, pelo menos uma vez na vida em todo o mundo.

No artigo a seguir, saiba mais sobre as úlceras gástricas, incluindo como ocorrem, quais são os sinais de alerta e como são tratadas.

O que causa a úlcera gástrica?

No passado, os médicos consideravam que os fatores do estilo de vida, como estresse e dieta, causavam úlceras. Hoje sabe-se que os ácidos estomacais e outros sucos digestivos são os geradores das úlceras gástricas.

No entanto, existem fatores externos que contribuem para a formação de feridas estomacais. Dois deles são a bactéria H. pylori e anti-inflamatórios não esteroides.

Bactéria H. pylori (Helicobacter pylori)

A maioria das úlceras é causada pela infecção de uma bactéria chamada H. pylori. Essa bactéria afeta negativamente o muco que protege o revestimento do estômago e a primeira parte do intestino delgado (o duodeno), o que faz com que os ácidos cheguem ao tecido estomacal e causem danos.

Anti-inflamatórios não-esteroides

O uso prolongado de alguns medicamentos de venda livre, como aspirina e ibuprofeno, por exemplo, também pode danificar o muco que protege o revestimento do estômago.

Sintomas da úlcera gástrica

Os sintomas de cada pessoa podem variar e, em alguns casos, não aparecer. Entretanto, o mais comum é uma dor incômoda ou ardente entre o esterno e o umbigo. Essa dor geralmente ocorre nos horários das refeições e pode atacar no meio da noite, durando de alguns minutos a horas.

Outros sintomas menos comuns da úlcera podem incluir:

  • sensação de saciedade depois de comer uma pequena quantidade de alimento;
  • arrotos fora do normal;
  • náusea;
  • vômito, inclusive com sangue;
  • falta de apetite;
  • perda de peso sem motivo;
  • sangue nas fezes ou fezes de cor preta.

Os sintomas da úlcera gástrica podem se parecer com os de outros problemas de saúde, por isso, é importante consultar o médico ao primeiro sinal de anormalidade.

Tratamentos disponíveis

O tratamento para a úlcera gástrica varia de pessoa para pessoa, mas inclui mudanças no estilo de vida, tomar remédios e, em alguns casos, cirurgia para corrigir o problema.

Mudança de estilo de vida significa não comer certos alimentos que podem piorar o quadro, não fumar, reduzir ou eliminar o consumo de álcool e cafeína e não usar medicamentos anti-inflamatórios e esteroides que, como já mencionado, afetam negativamente a mucosa do estômago.

O uso de antibióticos (no caso de úlcera causada pela bactéria H. Pylori), bloqueadores H2, inibidores da bomba de prótons, entre outros, podem ser importantes para reduzir a produção de ácido e proteger o muco do estômago de outras feridas.

Em casos raros, a cirurgia pode ser necessária, se os medicamentos não ajudarem ou se houver outros problemas médicos.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como clínica geral em São Paulo.

Comentários