doenças crônicas

O que são doenças crônicas

As doenças crônicas são condições médicas de longo prazo que geralmente são progressivas. Atualmente, estas são as principais causas de incapacidade e morte a nível mundial, além de serem também os principais motivos para mortes prematuras de adultos em muitas partes do mundo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase metade de todas as mortes por doenças crônicas ocorre em pessoas com mais de 70 anos. Isso acontece porque as doenças crônicas são condições médicas que pioram progressivamente durante a vida toda, como a diabetes, a hipertensão (pressão alta), o colesterol alto, a asma, os diversos tipos de câncer e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), por exemplo.

Portanto, é importante cuidar da sua saúde e gerenciar essas condições para levar uma vida plena. No artigo a seguir, você conhecerá mais sobre as doenças crônicas, quais são os principais tipos e como buscar ajuda médica. Boa leitura!

O que são as doenças crônicas?

A doença crônica persiste por um longo período de tempo e tem o potencial de impedir a independência e a saúde das pessoas. É comum que pessoas com doenças crônicas pensem que estão livres do mal quando não apresentam sintomas.

Não apresentar sintomas, no entanto, não significa necessariamente que a doença crônica tenha desaparecido. A boa notícia é que elas podem ser prevenidas ou controladas ao praticar exercícios regularmente, manter uma dieta balanceada, não fumar e evitar o consumo excessivo de álcool.

Mesmo assim, um médico pode usar as palavras “controlada” ou “estável” para descrever uma doença crônica, mas, como dito anteriormente, ela não desaparece e precisa de atenção constante, ainda que esteja controlada.

Abaixo estão listados exemplos de doenças crônicas comuns e suas principais características.

Quais são as principais doenças crônicas?

As doenças crônicas podem variar de condições mais simples a problemas mais graves, e incluem:

  • Condições cardiovasculares (como doença coronariana e acidente vascular cerebral);
  • Cânceres (como câncer de pulmão);
  • Transtornos mentais (como depressão);
  • Diabetes;
  • Doenças respiratórias (incluindo asma e doença pulmonar obstrutiva crônica);
  • Artrite, osteoporose e outras condições musculoesqueléticas;
  • Doença renal crônica e outras.

Quais são os impactos das doenças crônicas para a sociedade?

Mudanças no nosso estilo de vida e o controle de outros problemas de saúde, nos últimos cem anos, fizeram com que as doenças crônicas fossem cada vez mais comuns — e, agora, causam a maior parte da carga de doenças.

Além dos custos pessoais e comunitários, as doenças crônicas resultam em um ônus econômico significativo, devido aos efeitos combinados dos custos, dos cuidados com a saúde e das perdas de produtividade às mortes associadas.

A importância do diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce é importante e útil na gestão de doenças crônicas, uma vez que muitas delas são silenciosas e assintomáticas, até que estejam em estado avançado. Por isso, converse com seu médico sobre doenças crônicas, solicite check-up periódico e pergunte sobre medidas eficazes para prevenir e gerenciar tais questões.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como clínica geral em São Paulo!

Comentários